Ads Top

Maioria não sabe em quem votar para vereador em Nilópolis

A pesquisa da IBPS Consultoria e Pesquisa LTDA - EPP, divulgada nesta quarta-feira, 28, mostra que 26,3% dos entrevistados não definiram em quem votarão para vereador. Essa é a principal informação do levantamento, que da forma como é feito, não serve para apontar os favoritos na corrida para o Legislativo municipal.

Isso porque a eleição é proporcional, colegiada, um candidato depende do desempenho dos demais do seu partido ou coligação. Além disso, sendo a amostra pequena em cada bairro, não identifica com clareza os “ninhos de votos”, aqueles candidatos que costumam se eleger com o apoio de uma região da cidade.

Os números apurados pela pesquisa são os seguintes:

Zé Ribeiro - 4,2%
Dedinho - 3,0%
Jorjão - 3,0%
Joge Nei - 2,3%
Abraãozinho David - 2,2%
Maurinho - 2,2%
Marquinho Trembão - 1,8%
Moraes - 1,8%
Edno Padrinho - 1,7%
Maria Isabel - 1,7%
Sou + Enoc - 1,7%
Dr. Rodrigo Rocha - 1,5%
Farrusquinha - 1,5%
Jorghinho PQD - 1,5%
Rafael Nobre - 1,5%
Farol do Paiol - 1,3%
Pedro Alfredo - 1,3%
Wanderlei Cardoso da Loteria - 1,3%
Osvaldo Vieira - 1,2%
Patricia Gripp - 1,2%
Profª Mari - 1,2%
Ari Russo - 1,0%

Os demais candidatos foram citados por menos de 1% dos entrevistados. O que mais chama a atenção é o índice de indecisos. 26,3% disseram não saber em qual candidato irão votar, o que poderá provocar um número alto de votos em legenda. 7% dos entrevistados disseram que vão anular ou votarão em branco e  1,2% não quiseram responder à pesquisa.




Segundo o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a pesquisa foi encomendada ao IBPS Consultoria e Pesquisa LTDA - EPP, pelo Diretório do Partido Progressista (PP).

O IBPS Consultoria e Pesquisa LTDA - EPP ouviu 600 eleitores, com idade acima de 16 anos, entre os dias 24 e 25 de setembro.




A margem de erro é de 4,00% (quatro pontos percentuais) para mais ou para menos. O intervalo de confiança é de 95% (noventa e cinco por cento). A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro(TRE-RJ) sob o protocolo RJ-04334/2016.

Mais dados sobre a pesquisa podem ser vistos no http://www.tse.jus.br/eleicoes/eleicoes-2016/pesquisas-eleitorais/consulta-as-pesquisas-registradas ou no http://www.ibpsnet.com.br/pdf/relatorio_nilopolis.pdf



Nenhum comentário:

E você, o que acha deste tema? Fique a vontade para expressar sua opinião, mas não utilize ofensas nem palavras impróprias, pois seu comentário será removido.

Tecnologia do Blogger.