Ads Top

Servidores da Saúde fazem manifestação em Nilópolis

Os servidores municipais da Saúde fizeram uma manifestação no centro de Nilópolis, em frente à Prefeitura, nesta segunda-feira (17). Com um carro de som, os manifestantes chamaram a atenção da população. O ato foi organizado pelos servidores em repúdio ao decreto municipal que exonerou centenas de cargos comissionados e contra a redução em até 50% dos salários dos servidores da categoria.

"Nosso ato é para chamar a atenção contra as medidas irresponsáveis desse prefeito. Ele perdeu a eleição e logo no dia seguinte começou a mandar vários profissionais embora e em seguida, tirou as gratificações de quem ficou. Tem médico que recebeu apenas R$ 500 no último pagamento. O serviço nos postos de saúde e na UPA está prejudicado e a tendência é piorar mais e pode atingir ainda o Hospital JK. Não é uma briga só por causa de salário. É uma briga pelo atendimento à população e pelo respeito a categoria", disse uma servidora.




O impasse compromete o atendimento em diversas unidades de saúde. Desde a publicação do decreto polêmico, há registros de postos que não funcionam durante o horário normal e em alguns faltam profissionais. Na UPA Pediátrica e no Hospital Municipal Juscelino Kubstcheck, pacientes relatam demora no atendimento.




Durante a manifestação, os servidores receberam o apoio da população. Pedestres que passavam pela Rua Pedro Álvares Cabral apoiaram a manifestação e se disseram revoltados com o prefeito Calazans. "Ainda bem que ele já está saindo. Foi um péssimo prefeito e não vai ganhar nunca mais e nem pra síndico de prédio ele serve", disse um pedestre.



Nenhum comentário:

E você, o que acha deste tema? Fique a vontade para expressar sua opinião, mas não utilize ofensas nem palavras impróprias, pois seu comentário será removido.

Tecnologia do Blogger.