Ads Top

Coreógrafos do Boi-Bumbá integram carnaval da Beija-Flor de Nilópolis

As performances apresentadas nos espetáculos do Boi-Bumbá Caprichoso vão ganhar dimensão internacional na Beija-Flor de Nilópolis em 2017. Pela primeira vez, dois amazonenses estarão envolvidos nas coreografias do grupo especial do carnaval do Rio de Janeiro. Trata-se dos coreógrafos do Boi-Bumbá Caprichoso, os Erick Beltrão e Neto Beltrão.

A experiência no Festival Folclórico de Parintins e participação dos dançarinos na Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016 resultaram no convite da Comissão de Carnaval da Escola de Samba aos dançarinos. Erick e Neto Beltrão trabalharam com a coreógrafa brasileira e diretora de movimento das cerimônias Olímpicas, Deborah Colker.

Depois de encantarem o mundo no dia 5 de agosto no Estádio Maracanã, agora, com a preparação para o carnaval, os coreógrafos do Boi Caprichoso terão a oportunidade de trabalhar ao lado do coreógrafo da Beija-Flor, o uruguaio radicado no Brasil, Marcelo Misailidis. O próximo encontro com o talento de Parintins está marcado para o dia 26 de fevereiro de 2017.




Os coreógrafos do Boi Caprichoso desembarcaram no Rio de Janeiro no dia 02 de novembro para iniciar a preparação ao carnaval 2017. O convite aos coreógrafos parintinense partiu do artista plástico e alegorista do Caprichoso, Kennedy Prata. No desfile do Grupo Especial, a Beija-Flor de Nilópolis vai levar para a Marquês de Sapucaí o enredo “Iracema, a Virgem dos Lábios de Mel”.




O artista plástico Kennedy Prata é responsável pela pintura dos carros alegóricos da Beija-Flor desde 2015. “A escola vai falar um tema indígena. A nossa função na escola será fazer coreografias. Nós não sabemos os atos coreográficos e começamos a trabalhar a partir do momento que a comissão e os carnavalescos decidirem”, confessa Erick, coreógrafo do Caprichoso desde 2003.

“Para nós, é uma satisfação muito grande ser os primeiros amazonenses a trabalhar com coreografias no carnaval. O carnaval leva muitos artistas de Parintins com o propósito de fazer alegorias e é a primeira vez que dois parintinenses vão entrar na parte coreográfica. Vamos somar ao time maravilhoso de coreógrafos da Beija-Flor, comandado pelo Marcelo Misailidis”, acrescenta Erick Beltrão.




Para Neto Beltrão, é gratificante receber o reconhecimento do trabalho e levar a força da dança de Parintins ao maior carnaval do mundo, por meio da Beija-Flor de Nilópolis. “Vamos lá muito honrados em representar Parintins nesse novo trabalho. Esperamos apreender muitas novidades e implantar dentro do Festival de Parintins, nos espetáculos do nosso Boi Caprichoso”, afirma.

Fonte: Parintins 24h



Nenhum comentário:

E você, o que acha deste tema? Fique a vontade para expressar sua opinião, mas não utilize ofensas nem palavras impróprias, pois seu comentário será removido.

Tecnologia do Blogger.