Ads Top

Drone identifica locais com focos do mosquito Aedes Aegypti em Nilópolis

Para combater os focos do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Dengue, Chigungunya e Zika, a Prefeitura de Nilópolis lançou o projeto: “Nilópolis contra à Dengue”, em parceria com o IBPG – Instituto Brasileiro de Planejamento e Gestão. O projeto foi iniciado em setembro com uma ampla pesquisa realizada em mais de 20 mil residências em todo o município.

Nesta semana, uma equipe do IBPG esteve no município para fazer um teste com o drone para que as atividades com o equipamento fossem iniciadas imediatamente. De acordo com o Instituto, o Drone já está fazendo um levantamento aerofotográfico por toda a cidade. O objetivo é identificar as áreas mais afetadas e tomar as devidas ações.

Para o Chefe de Gabinete, Marcio Ferreira, o projeto trará muitos benefícios para a próxima gestão, já que eles terão em mãos um relatório denso sobre os índices da doença no município e a partir disso, poderá mensurar aonde está o problema especificamente, dando grande suporte à rede de saúde para combater o mosquito Aedes Aegypti.





É importante frisar que, desde 2013, a Prefeitura de Nilópolis trabalha nas ações de combate ao mosquito Aedes Aegypti. Com o verão se aproximando, a Coordenadoria de Controle de Vetores, prevendo um aumento nos casos de Dengue, Zika e Chicungunya, em função do volume de chuva e da possibilidade de proliferação dos focos do mosquito, já está tomando medidas necessárias a fim de reduzir os casos.

“Cerca de 80 agentes comunitários de saúde realizam a inspeção nas casas e comércios diariamente. Em um mês visitamos mais de 30 mil imóveis. Caso seja identificada larvas do mosquito, o local é limpo e recebe o tratamento adequado para erradicar o foco”, declarou o Coordenador de Controle de Vetores, Emilson Felipe.




Segundo a equipe técnica do IBPG, com o apoio da Prefeitura de Nilópolis, diversas ações serão realizadas com o objetivo de conscientizar a população sobre os riscos e meios de prevenção, com vídeos explicativos, mini palestras, abordagem lúdica para as crianças e vídeos explicativos.

Vale lembrar que, desde o dia 16 de novembro, profissionais da área da Saúde e da Educação estão passando por um curso de capacitação no Ciep 136 – Professora Stella de Queiroz Pinheiro, para se atualizarem sobre o tema. As aulas encerraram nesta sexta-feira, dia 2. Todos os participantes receberam um certificado de conclusão de curso.

Para denunciar possíveis focos do mosquito Aedes Aegypti, basta ligar para o tel.: 2791-6476, de segunda a sexta, das 8h às 17h.




Escolas Municipais contra o mosquito

Até nas escolas e creches municipais vem sendo aplicado métodos de conscientização para incentivar as crianças a levarem informações sobre a epidemia do mosquito Aedes Aegypti para dentro de casa.

As Secretarias de Educação e de Saúde, junto com a Superintendência de Programas Educacionais implementaram, nas 22 escolas do município, o Programa Saúde na Escola – PSE, com apoio da Prefeitura de Nilópolis, conscientizando mais de 12 mil alunos sobre os cuidados e ações dentro de casa contra o mosquito.




A Creche Municipal Izaura Calazans também ensinou aos pequeninos de até 2 anos e nove meses, a maneira certa de eliminar os focos do mosquito. Através de músicas e peças de teatro, o projeto elaborou diversas atividades dinâmicas para facilitar o entendimento dos alunos.

“Nossa finalidade é educar, sensibilizar, mobilizar e conscientizar os estudantes para que sejam os protagonistas no combate ao mosquito Aedes Aegypti e passem as informações aos pais e responsáveis”, destacou a Secretária de Educação, Amanda Baldez.



Nenhum comentário:

E você, o que acha deste tema? Fique a vontade para expressar sua opinião, mas não utilize ofensas nem palavras impróprias, pois seu comentário será removido.

Tecnologia do Blogger.