Ads Top

Hospital de Nilópolis tem energia elétrica ligada

Há exatamente cinco meses atrás, o prédio do Hospital Municipal Juscelino Kubstcheck , para onde foi transferida a UPA 24H, que funcionava no bairro do Cabuís, foi dado como inaugurado pelo ex-prefeito Alessandro Calazans, sem energia elétrica, alimentado somente por geradores.

Nesta sexta-feira (20), a concessionária de energia elétrica fez a ligação da sua rede distribuidora com o prédio. E o que deveria ser uma simples ação em um prédio público, acabou se tornando em um símbolo de gestão eficiente e comprometida com os gastos públicos e com a boa prestação de serviço para a população. Em menos de 20 dias o atual governo tomou todas as providências que eram necessárias e resolveu o problema.

Para o secretário de Saúde, Dr. Kiraz Karraz, a medida gera inúmeros benefícios e põe fim a outros problemas. "Este foi um fato simbólico de boa gestão. Há cinco meses se convivia com uma situação improvisada, aliás uma improvisação que custava caro para o contribuinte nilopolitano. Para alimentar os tais geradores, eram gastos 700 litros de óleo diesel por dia, no mês eram 21 mil litros de combustível. Somando o óleo diesel e mais o aluguel dos geradores, eram gastos mais de 100 mil reais por mês, que poderiam estar sendo usados em melhorias do próprio hospital. Além disso, a retirada dos geradores da frente do hospital, livra os moradores locais de uma poluição sonora, já que eles funcionavam dia e noite, fazendo barulho. Não podemos esquecer, também, da poluição do ar, já que os geradores estavam ali diariamente emitindo uma grande concentração de gás carbônico, exatamente em frente de uma unidade hospitalar. Parabéns ao prefeito Farid Abrão por mais este exemplo de gestão séria e comprometida com o bem estar público", destacou.



Nenhum comentário:

E você, o que acha deste tema? Fique a vontade para expressar sua opinião, mas não utilize ofensas nem palavras impróprias, pois seu comentário será removido.

Tecnologia do Blogger.