Ads Top

Família informa que fuzileiro naval nilopolitano foi encontrado

A família do fuzileiro naval Diego Sanson, de 25 anos, que estava desaparecido desde o último dia 31, informou neste domingo (05), por meio das redes sociais, que ele já teria sido encontrado.

Segundo a postagem no perfil Amigos de Nilópolis, do Facebook, o militar estaria internado no Hospital Naval Marcílio Dias, sem dar maiores detalhes sobre o seu estado de saúde e nem mais informações sobre onde ele teria estado este tempo todo. A família prometeu se manifestar nos próximos dias.




A mãe do rapaz, Silvia Gomes, de 48 anos, conta que desde o sumiço do militar, já houve pelo menos 20 saques da conta bancária do militar desde o seu sumiço. As quantias retiradas variam sempre entre R$ 50 a R$ 280. Silvia chegou a registrar o caso na Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA), na Cidade da Polícia, no Jacarezinho, na Zona Norte do Rio.

A mãe de Diego passou para os policiais nome de dois colegas que foram os últimos a ter contato com o rapaz. Um deles teria apresentado cinco versões diferentes para os últimos momentos, segundo afirmou Silvia.




Diego desapareceu a caminho da base de sua corporação, na Ilha do Governador, na Zona Norte do Rio. Morador de Nilópolis, na Baixada Fluminense, o militar fez seu último contato com parentes, na noite da última terça-feira, quando disse que dormiria no quartel. Desde então, ele não foi mais visto. A mãe do rapaz começou então uma campanha em redes sociais para localizá-lo.

Diante do desaparecimento do fuzileiro naval, a Base Militar da Ilha do Governador instaurou uma Instrução Provisória de Deserção (IPD), anunciando sua ausência e intimando comparecimento ao local, de acordo com as normas vigentes.



Nenhum comentário:

E você, o que acha deste tema? Fique a vontade para expressar sua opinião, mas não utilize ofensas nem palavras impróprias, pois seu comentário será removido.

Tecnologia do Blogger.