Ads Top

Após vandalismo, moradores de Nilópolis ficam com menos ônibus

Após o vandalismo ocorrido na noite da última sexta-feira (14), onde sete ônibus foram incendiados nos acessos das comunidades Dom Bosco e Conjunto da Marinha, junto à antiga Estrada de Madureira, no município de Nova Iguaçu, os nilopolitanos que precisam fazer uso dos serviços das empresas Ponte Coberta e Costeira estão com menos ônibus para servi-los.

Um dos veículos que foi incendiado. Foto enviada pelo Whatsapp
Segundo informações, a série de atentados contra os veículos teria ocorrido após duas pessoas ficarem feridas, entre elas uma criança de 1 anos e 8 meses e um jovem de 18, durante uma operação da Polícia Militar naquela localidade.

Por meio de nota, o Hospital da Posse informou que Carlos Gabriel Silva de Souza, de 18 anos, foi ferido no cotovelo esquerdo e encaminhado ao centro cirúrgico da unidade. O estado de saúde é estável.




Já a menina, teve uma perfuração no braço esquerdo e foi submetida a uma cirurgia com a equipe de ortopedia. Segundo o boletim médico, o estado de saúde dela também é estável. A criança segue internada na pediatria da unidade.




Os veículos incendiados faziam linhas que ligam Nilópolis à Campo Grande e Itaguaí. Durante os atos de vandalismo, as duas empresas chegaram a suspender a circulação dos ônibus.



Nenhum comentário:

E você, o que acha deste tema? Fique a vontade para expressar sua opinião, mas não utilize ofensas nem palavras impróprias, pois seu comentário será removido.

Tecnologia do Blogger.